Générateur portugais de faux textes aléatoires

Lorem ipsum a généré 45 listes pour vous.
Vous pouvez utiliser ce texte lorem ipsum dans vos maquettes, sites web, design, ebook... Le texte généré aléatoirement est libre de droit.

Le faux texte a bien été copié

  • bello pescoço não existe Outro assim torneado o rosto é lindo
  • consciencia Que me accusava do crime De negar á Providencia
  • Trazeis me rosas d onde as heis trazido Boa velhinha e minha
  • diluvio d agua E o furacão que fez Emilia até dá mágoa Tantos
  • Murcha a rosa que desgosto Só de lhe a gente bulir E essas rosas
  • bello tempo aquelle em quanto pude Levar como tu levas
  • Peço perdão commovi me E n um extasi sublime Lagrimas de penitencia
  • quanto levas pobre luz Amor que em mim não cabe vai depôr
  • desventura Oh destino cruel Vejo as ainda ir com as mãos incertas
  • montes vi tambem Nos vastos horisontes mais alguem Nos tristes
  • imagem pura Ah sobrevive ao nada E escapa á sepultura Tão fresca
  • ditoso alegre e satisfeito Não viverá o homem que algum
  • Jupiter acode lhe Senão diriam filha que as guardavamos
  • existencia alguma Que não tenha amor nenhuma Porque
  • Enfeitiçaes que a formosura crêde Não vem da face avelludada
  • sentimento Ha uma hora ou mais Marina que contemplo
  • bonita meu amor Que perfeita que formosa A ti pozeram
  • vultos que os vestidos Tão negros que pozeram De luto tão compridos
  • herva como existe A mim quem m o diria Se a luz que me alumia
  • braços Te desbotasse as côres Passavam os abraços
  • Está na mesa O que ha em casa é tirar Tirar com toda a franqueza
  • Deixa que a nuvem negra tolde a lua Se a leva a tempestade Deixa
  • Confessa rosa animada Que és outra casta de flôr
  • mesma tristeza anima A encarar a pé quedo A morte que se aproxima
  • Gelasse a morte fria A mão profanadora Que te ennublasse
  • Dorme estatua de neve Vergontea de marfim Tocar que impio
  • Emilia não vês a lua Como vacilla e fluctua Ora avança
  • baixo abala Deixa em podendo o collo Tão terno que te embala
  • olhos só elles valem Duas estrellas bem vês Pois vozes
  • concebo Como Deus me creasse Para tormento eterno
  • Talvez vivesse então mais socegado Ou já que minha sorte
  • Havias ao teu rosto De me apertar a mim D encher fartar de gosto
  • Aquelle enorme tronco Quiz resistir depois Ouviu se um grande
  • cáia em casar Mulher não é rola Que tenha um só par Eu tenho
  • sósinha chorando Me lembrava ora a ventura Da minha infancia
  • essencia mãi que a flôr exhala Na essencia d uma flôr
  • paixão que assim me trouxe Tão erradio a mim digo a verdade
  • sósinha Sem ter nenhum dos seus Aqui ao pé ceguinha
  • gente cança Cança de estar olhando e sempre vendo Um novo encanto
  • Consolos não te dou que não existe Quem de lagrimas suas nunca
  • importa digam no É pelo fructo que a oliveira escolho
  • breve desenganada D essa existencia isolada Darás n alma franca
  • suspira E levanta o collo ao céo Vê vir raiando a aurora
  • lindo pé que tens Maria Esse quadril tão largo e cinta estreita
  • Despe o luto da tua soledade E vem junto de mim lirio esquecido