Générateur portugais de faux textes aléatoires

Lorem ipsum a généré 30 listes pour vous.
Vous pouvez utiliser ce texte lorem ipsum dans vos maquettes, sites web, design, ebook... Le texte généré aléatoirement est libre de droit.

Le faux texte a bien été copié

  • Ergue se e cai conforme A lei que o manda assim
  • Murcha a rosa que desgosto Só de lhe a gente bulir E essas rosas
  • pallido Maria O pensamento Não é trabalho que nos dê saude
  • Gelasse a morte fria A mão profanadora Que te ennublasse
  • herva como existe A mim quem m o diria Se a luz que me alumia
  • Está na mesa O que ha em casa é tirar Tirar com toda a franqueza
  • Bandeando sem gostar Mas por mais linda que seja A rosa quando
  • Vendo as Minerva todas infructiferas Que é isto exclama
  • Depois de mortos Hemos de vêr nos e um no outro absortos Fartar
  • admira a mim que a crystallina Tão pura onda do mar que espelha
  • Peço perdão commovi me E n um extasi sublime Lagrimas de penitencia
  • abrazo É como a luz da fé Que além de cega apaga O facho
  • bello tempo aquelle em quanto pude Levar como tu levas
  • bonita meu amor Que perfeita que formosa A ti pozeram
  • ainda tão baço De luz tão pouco brilhante Que se media a compasso
  • dispara a setta envenenada Á pombinha que aos ares despedira
  • desprezaes embora Culto e adoração De quem vos ama agora
  • assim perfeição Não ha nada tão perfeito Mas é um grande
  • ainda o pranto corria E o cabello me batia No rosto que me doía
  • Trazeis me rosas d onde as heis trazido Boa velhinha e minha
  • Deixál os dizer Se Deus me deu flôres Foi para as colher
  • Deixa que a nuvem negra tolde a lua Se a leva a tempestade Deixa
  • Ólho as nuvens esvaíam se Os roncos do mar ouviam
  • Pára quando a engole Aquelle mar sem fundo Nem pára
  • tambem a lua pára Se algumas vezes repara N uma nuvem menos
  • deuses cada qual uma arvore Á sua guarda consagraram Jupiter
  • Dorme dorme Vergontea de marfim Mas dize o espelho a imagem
  • tristeza tamanha E lembra me ir á montanha Que temos aqui vizinha
  • cysne expirando alçar teu canto Has de lá quando a lua da montanha
  • piedade É filha da mulher Que sempre quiz metade D uma afflicção